Conheça nosso Porta-voz no Comando da Aeronáutica: Brigadeiro Átila Maia da Rocha

Segunda-feira, 21 Junho, 2010

Redação e Assessoria de Imprensa da “assomilsptaifeiros.org”

Prezados associados, militares e pensionistas do QTA (Quadro de Taifeiros da Aeronáutica), e toda família militar.

Chegamos ao desfecho de muitos anos de luta, mas ainda não acabou. Temos muitas questões ainda para resolver, em principal, sobre a questão de direitos adquiridos.

Felizmente, não estamos abandonados a própria sorte, pois temos força política e representatividade, com respaldo de parlamentares e do Governo Federal, e, alicerçados na crença em nosso “MAGNÂNIMO E BENDITO ESPÍRITO SANTO”, como nosso Mentor e Guia, em pretéritas, presentes e futuras estratégias, seremos sempre inspirados e ungidos.

Não existe vitória sem luta, porém, sem embargos, acreditamos ter chegado, momentaneamente, ao nosso objetivo do qual é a promoção dos nossos taifeiros inativos, e suas respectivas pensionistas de auferirem suas vantagens pecuniárias. Fomos vitoriosos, ou melhor, cada associado em todo território nacional, que, direta ou indiretamente, nos ajudou e contribuiu, e muito, com toda nossa diretoria composta. Seja senador, deputado federal, assessor parlamentar, enfim, aquele que atendeu, ouviu, ou, ao menos, prestou atenção na questão tão empírica e de difícil solução, que versava os Taifeiros da Aeronáutica – aqueles que se expressaram, vibraram, choraram, pediram, articularam, se embrenharam, se empenharam, de um modo ou de outro, em prol da causa dos Taifeiros; não somente nossa entidade, a “ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES AMPARADOS PELA LEI 3953/61”, mas, também, cada militar do QTA, que procurou essas autoridades, e foi atendido com suas reivindicações.

Portanto, “não poderia deixar de mencionar o “Excelentíssimo Senhor Brigadeiro-do-ar”, ÁTILA MAIA  DA ROCHA”, que, no ano de 2005, de pronto, se reuniu com nossa diretoria, para, então, dar início às negociações com nossa entidade de classe, a “ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES AMPARADOS PELA LEI 3953/61”, sugerindo que viéssemos, através de nosso Advogado, Doutor Rosano Matiussi, elaborar um projeto de lei, para que se resolvesse, em definitivo, o pleito dos taifeiros e suas pensionistas.

Logo, podemos afirmar que, o Brigadeiro Àtila Maia da Rocha, na época, designado como ”Chefe da Assessoria Parlamentar do Comando da Aeronáutica ”/ Diretor de Assuntos Parlamentares   da Aeronáutica no Congresso Nacional, foi o precursor dessa empreitada, através do Projeto de Lei 5919/09, que culminou na nova Lei que conferiu a promoção às graduações superiores de nossos velhos taifeiros, ou seja, a Lei 12.158/09.

Muitos políticos foram aclamados, brigadeiros, o Presidente da República, porém é nosso dever agradecer esse nobre Oficial General, Brigadeiro Átila Maia da Rocha, amigo de nossa classe, que, mesmo de modo sutil, porém com atuação sempre incisiva e constante, nos direcionou às inúmeras reuniões com diversas autoridades do Comando da Aeronáutica, Ministério da Defesa, Presidência da República, Casa Civil entre outras, para discutirmos acerca da questão da Lei 3.953/61, que, hoje, fora usada como base e paradigma na confecção da Lei 12.158/09.

Nosso estimado Brigadeiro Átila Maia da Rocha, devido a sua competência, dedicação e excelência em décadas de bons serviços prestados, tanto à Força Aérea, à Nação e ao Povo Brasileiro, sempre atuando como um incomparável estrategista, hoje, merecidamente, encontra-se, na condição de pré-candidato a Senador da República, pelo Distrito Federal.

Eleito Senador, nós, eleitores, poderemos contar com seu sólido conhecimento na política nacional, bem como com sua experiência, ao longo desses anos, como “Chefe da Assessoria Parlamentar do Comando da Aeronáutica” / Diretor de Assessoria Parlamentar do Comando da Aeronáutica . Indubitavelmente, é o político certo para nos representar. O porta-voz de toda a família militar.

Taifeiros inativos e pensionistas, militares da ativa e inativos da três armas, precisamos mudar o contexto político nacional. Precisamos reconstruir nossa história. O Brigadeiro Átila Maia da Rocha, tem comprovada bagagem política para a consecução desse propósito de mudança, visto que trabalhou mais de 21 anos, com centenas de projetos de lei do Executivo, junto a parlamentares, tanto da Câmara, como do Senado Federal.

Cabe mencionar que nosso político, Brigadeiro Átila Maia da Rocha, atuou de modo impar, ao lado de nosso advogado, Dr. Rosano Matiussi, no Congresso Nacional, especificamente, nas comissões de votação, para evitar a revogação da LEI 3.953 DE 02 DE SETEMBRO DE 1961.

Para quem não sabe, não fosse a brilhante atuação do nosso Advogado, Dr. Rosano Matiussi, através de sua Exposição de Motivos e sugestão de emenda ao Projeto de Lei 4.991, no ano de 2005, do qual tinha como um dos principais objetivos, a revogação do direito assecuratório dos taifeiros de atingirem a graduação de Suboficial – em seguida, não apenas a atuação brilhante e importante de nosso advogado, igualmente, se faz necessário mencionar a atuação de nosso nobre Político, Brigadeiro Átila Maia da Rocha, quando sugeriu, ao nosso advogado, a formulação de um novo projeto de lei, que não fosse destoante ao Estatuto Militar, Lei 6.880/80, e que, tal projeto, viesse ser compatível com a promoção às graduações superiores até a de Suboficial, especificamente, dos Taifeiros inativos, e, em conseqüência contemplasse as pensionistas, pois o § 1  do artigo 5 , e o artigo 62 do citado Estatuto, estabelecem que a carreira militar é privativa do pessoal da ativa, vedado, portanto a promoção aos militares inativos.

Naquela ocasião, o erário não dispunha de verba prevista no orçamento da União para pagar nosso pessoal, bem como havia muitas outras emendas, oriundas de outros quadros, que iriam atrapalhar nosso pleito, quanto às promoções de nossos taifeiros. Daí, o justificado motivo que ensejou seu definitivo arquivamento.

Portanto, graças ao trabalho e a estratégia de nosso político Brigadeiro Átila Maia da Rocha, e de nosso advogado, Dr. Rosano Matiussi, nos projetos de Lei 4.991/05 e 5.919/09, que colimaram na sanção da nova Lei 12.158/09, nosso pessoal, hoje jamais seria contemplado com suas promoções às graduações superiores até a de Suboficial.

Por isso, todos os militares do QTA (Quadro de Taifeiros da Aeronáutica) devem agradecer, e muito, primeiro a Deus, em seguida ao trabalho do Brigadeiro Átila Maia da Rocha, e do Doutor Rosano Matiussi, pelo trabalho de ambos, tanto no Executivo Federal, quanto no Congresso Nacional, pois, sem a atuação deles, hoje, nossos taifeiros iriam, jamais, vislumbrar a possibilidade de ter suas promoções, garantidas através da nova Lei 12.158/09.

Uma das características indeléveis de nosso Político, Brigadeiro Átila Maia da Rocha, é a ética, compromisso esse, do qual tem sido preterido, não apenas por boa parte de nossos políticos representantes, como também, por boa parte, de diversos outros profissionais de outras searas. A ética, como regra deontológica, é o princípio basilar e imprescindível das relações humanas.

Sendo por todas essas razões, e dando provas inequívocas disso, que os associados, o advogado e a diretoria da ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES AMPARADOS PELA LEI 3953/61, apóiam incondicionalmente para Senador do Distrito Federal o Político, Brigadeiro Átila Maia da Rocha.

O Político, Brigadeiro Átila Maia da Rocha, sempre foi sensível as origens e as causas que afligem e permeiam a sociedade e o ser – humano, e, com certeza, dado a sua comprovada experiência e bagagem política, através de seu bom senso, equilíbrio e humanidade, bem como conhecedor profundo dos problemas intrínsecos e pertinentes a cada uma das três forças e aos seus diversos militares, independentemente de posto ou graduação, ele, como parlamentar e representante dos militares, será capaz de reparar, tanto os erros e injustiças que já existem, como também aqueles que futuramente estão por vir.

Nessa empreitada política, contamos com cada militar seja da ativa ou inativo, seja da Aeronáutica, Exército, ou Marinha.

Apostamos e acreditamos, ter, no Senado Federal, o militar e político, Brigadeiro Átila Maia da Rocha, que fará a diferença no Congresso Nacional; contamos com todos vocês.

Segue abaixo, um pouco do curriculm e experiência de nosso político, Brigadeiro Átila Maia da Rocha.


Palavras do BRIGADEIRO-DO-AR ÁTILA MAIA DA ROCHA

Prezado Amigo! Ao longo de 35 anos de vida militar, aprendi que a atividade que precede a execução de qualquer tarefa é o preparo.

Assim, em 1989, comecei como Assessor Parlamentar, representando a Base Aérea de Florianópolis, junto à Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina. Na sequência, ajudei em várias campanhas eleitorais, desde as de presidente da República até as de vereadores, em quase todas as unidades da Federação, com o objetivo de conhecer, profundamente, o processo eleitoral.

Onze anos depois, cheguei ao Congresso Nacional, como Assessor Parlamentar do Comando da Aeronáutica. Desta feita, conheci todo o processo legislativo e os bastidores da tramitação dos projetos de lei naquela Casa.

Em 2003, fiz o Curso de Altos Estudos de Política e Estratégia, da Escola Superior de Guerra, onde apresentei uma monografia sobre Política, que serviu de referência para vários outros trabalhos de doutorado, mestrado e pós-graduação, nas escolas militares, no Ministério das Relações Exteriores e na UNB.

Ao retornar a Brasília, fui Assessor Especial do Ministro Chefe da Secretaria de Coordenação Política da Presidência da República, fechando todo o circuito de tramitação dos projetos de lei no Brasil. Retornei à Força para chefiar a Assessoria Parlamentar da Aeronáutica, por quase três anos. Por fim, os últimos dois anos, como Oficial General, atuei na política internacional, como Chefe da Representação do Brasil na Junta Interamericana de Defesa e como Assessor da Missão Permanente do Brasil junto à OEA, em Washington-DC.

Com o olho no retrovisor, hoje sei como foi importante esse aprendizado, conheci as maiores virtudes e impurezas da vida, nas hostes políticas, sem me contaminar com as fraquezas humanas. Hoje, após 21 anos de preparo, estou pronto para aceitar o desafio e apresento-me confiante de que nunca me faltará o reconhecimento, o merecido amparo e o amor de cada um de vocês, Eleitores!

Estou sendo cogitado para disputar uma das vagas ao Senado Federal, pelo DF. Para isso, preciso de sua ajuda, pois não posso entrar nesse projeto como uma aventura. Para tal, necessito conhecer meu potencial.  – O que você pode fazer? É simples. – Mande um email (Cco) para seus amigos de confiança, para seus familiares, indicando o meu nome, como pré-candidato. Assim, agradeceria receber sua mensagem com a avaliação pessoal sobre a minha pretensão. Sem o envolvimento dos amigos e das pessoas de bem será impossível reverter essa situação nos quadros políticos do Brasil. Um forte abraço. Átila Maia. Chegaremos lá!


Mandem mensagens de agradecimentos, sugestões, ou criticas, sobre o assunto. Caso o militar ou eleitor tenha alguma necessidade ou algum pleito, ou pedido em questão, seja de Brasília ou de qualquer outro Estado ou território da Federação, envie para nosso site www.assomilsptaifeiros.org, ou blog WWW.assmils395361.zip.net , ou nos mande e-mail militaresassomil@hotmail.com / Claudia_33_sp@hotmail.com

Todo conteúdo recebido seja no site, no blog ou e-mails, serão reenviados diretamente para apreciação e resposta de nosso Candidato, Brigadeiro Átila Maia da Rocha.

Obrigado pela atenção, despendida,

Cláudia Marques,

Secretária Geral e Tesoureira da

AssomilspTaifeiros Lei 3953/61